Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Câmara de Vereadores entrega Moções de Aplauso

Na última semana, a Câmara Municipal de Vereadores de Flor da Serra do Sul, agraciou, por meio de uma Moção de Aplausos, duas senhoras que se destacaram na comunidade pelos serviços prestados aos sulflorenses. Mesmo reconhecendo que a missão de um vereador seja fiscalizar e reivindicar pelas causas municipais, o grupo sulflorense acredita que estas Moções promovem um vínculo com o cidadão, valorizando suas ações e a diferença que elas fazem no desenvolvimento econômico, social e cultural do município.

Indicada pelo vereador Nereu Cerrati-PT, a atual prefeita Lucinda de Lima Rosa foi homenageada com Votos de Congratulação “pelo seu destaque como parteira”. Para ela, essa é uma grande conquista pessoal. “Comecei trabalhando como auxiliar de enfermagem no Hospital do Sindicato Rural de Salgado Filho, e foi ali onde adquiri experiência para ajudar os médicos nos partos e suturas diversas, bem como cuidar das pessoas e pacientes”, relembra.

Com a oportunidade de fortalecer laços e construir o próprio negócio, Lucinda, ao lado do esposo Daniel, adquiriu um ‘Posto de Medicamentos’, que mais tarde foi denominado Farmácia Flor da Serra. “Os partos aconteciam na minha antiga residência, onde eu também tinha a farmácia; muitas vezes eles eram auxiliados pelo meu esposo. Já realizamos mais de 200 partos e suturas, e muitas das pessoas que eu ajudei nascer já estão formadas, entre eles vereadores, professores e muitos outros”, comenta frisando que sua farmácia está entre as empresas mais antigas do município.

Dona Naia e suas mãos santas

Ainda por indicação do vereador Nereu, a sua mãe Nair Ceratti, de 78 anos, também foi agraciada, “pelo seu destaque como benzedeira”. Dona Naia, emocionada, contou que pratica a medicina alternativa desde a década de 60. “Construí um legado de sabedoria e fé com minhas orações. Confecciono chás, xaropes e muitos outros produtos, sem cobrar nada em troca. Atendo muitas pessoas que por algum motivo precisam de ajuda”, comenta.

Trabalhos reconhecidos

Em seu depoimento, Nereu ressaltou que a ação é em homenagem a todas as parteiras, benzedeiras e curandeiras do município, que foram representadas pela sua mãe e pela Lucinda. “Isso que elas fazem é um dom, e precisamos homenageá-las. Nada mais justo do que o reconhecimento para essas pessoas, e nosso município conta com muitas, que aos poucos serão agraciadas”, finaliza.