Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Da aula para a natureza

A escola ambiental de Flor da Serra do Sul iniciou suas atividades teóricas em maio, e ao longo do ano, já realizou diversas aulas de campo com os alunos. Numa dessas aulas os alunos visitaram algumas das bacias hidrográficas do município, que são responsáveis pelo abastecimento de cidades como Francisco Beltrão.

Conforme o professor Fernando Segala, que coordena as atividades da Escola Ambiental, as bacias hidrográficas, ou seja, as nascentes de água e os rios, são um dos principais temas e lugares de visitas, devido a sua importância para a região. “Com nossos alunos, visitamos as bacias do rio Marrecas e a do Tamanduá. Na oportunidade explicamos sobre a água, seus afluentes e sua importância. Aproveitamos também para explicar sobre as matas ciliares, as dinâmicas ambientais e biológicas e todos os conceitos sobre meio ambiente”, conta o professor.

Fernando destaca a importância de alunos conhecerem na prática o que aprendem na teoria em sala de aula. Conforme ele, a teoria e os conceitos ambientais são reforçados nas aulas de campo, com exemplos e paisagens reais que garantem que todos os alunos aprendam de forma fácil. “Tivemos um profissional da Emater que nos auxiliou e explicou sobre os conceitos, dinâmicas, remoção de solo, escoamentos e tudo o que os alunos não sabiam, pois os professores – a nível escolar – não trabalham em sala de aula esses conceitos. Então percebemos o quanto eles aprendem quando tem um profissional presente para poder explicar. Eu avalio como positiva a evolução deles, pois já entendem praticamente todas essas dinâmicas”, explica Fernando.

Conforme o professor, no dia 7 de dezembro, os alunos de Marmeleiro estarão em Flor da Serra do Sul para participarem de uma aula integrativa entre as escolas. “Essa visita já era pra ter acontecido, porém devido ao tempo foi adiada e remarcamos para o dia 7. Se tudo correr bem até lá, eles virão até aqui para essa nova experiência”, conta Fernando.