Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Gestantes recebem orientações sobre leite materno

=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=651&img=01’);”>Na semana passada cerca de 30 gestantes de Flor da Serra do Sul assistiram uma palestra sobre a importância da amamentação.  “Quando o bebê nasce a mãe tem como protegê-lo de uma série de doenças com o leite materno”    diz a enfermeira Andressa de Goes. A semana mundial da amamentação ocorreu do dia 1º ao dia 7 de agosto.  A dona de casa Roseli Pereira será mãe pela terceira vez. “Amamentei no peito os meus dois filhos com o terceiro não será diferente quero que ele seja criança saudável” salienta.



Segundo a nutricionista Cynthia Perondi Lopes, crianças amamentadas no peito têm menos chances de ficarem doentes. “O leite materno protege a criança de doenças respiratórias. Crianças que recebem o leite do peito também têm menos risco de serem crianças hipertensas e obesas” explica a nutricionista.



O Ministério da Saúde recomenda que o bebê receba o leite materno até os dois anos de idade. “Até os seis meses de idade a mãe não deve oferecer chá ou água para o bebê. O leite do início da mamada tem água e o da final da mamada alimenta e assacia a fome da criança” explica Cynthia.



Quando a criança toma a mamadeira, o leite é manipulado e não está livre de contaminações. Toda mãe tem condições de amamentar. Segundo Cynthia,  logo após o parto as mães podem ter apenas 20 ml de leite. “Mas a amamentação precisa ser estimulada. Quanto mais o bebê sugar mais leite a mãe terá” explica a nutricionista. Depois dos seis meses a mãe pode inserir alimentação complementar.



O leite materno também traz benefícios para as mães. Mães que amamentam têm menos chances de ter câncer de mama e de ovário; diabetes e infarto. A mulher que amamenta também perde mais rápido o peso que ganhou durante a gravidez.


 






=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=651&img=01’);”>