Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Flor da Serra do Sul amplia posto de Saúde

=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=643&img=01’);”>A nova ala do Posto de Saúde de Flor da Serra do Sul foi entregue à população na terça-feira, dia 26. A nova ala mede 152,83m² e foram construídas seis salas, além dos banheiros, os recursos são provenientes de uma emenda do ex-deputado federal Alceni Guerra (DEM-PR). O valor total da obra gira em torno de R$ 103 mil. Além do investimento na obra de ampliação a Administração de Flor da Serra do Sul investiu mais R$ 15 mil em móveis e equipamentos.



De acordo com uma pesquisa realizada no início deste ano os trabalhos realizados pela secretaria de Saúde são aprovados por 94% dos sulflorenses. “Com esse novo espaço poderemos melhorar ainda mais o atendimento à população. Precisamos ter uma boa estrutura física, mas mais importante é humanizar o atendimento” afirma o prefeito Paulo Roberto Savaris destacando que em 2012 a secretaria de Saúde deve dispor de um terceiro turno, ou seja, atender a população no horário da noite.



A obra de ampliação não recebeu placa de inauguração. “Não estamos mais colocando placas nas obras que entregamos à população” diz o prefeito Paulo Roberto Savaris. Só devem receber placas as obras executadas com recursos do governo federal.
Segundo Savaris, com o concurso público,realizado em maio, a Saúde contará com novos profissionais. “Teremos farmacêuticos e resolveremos o problema da falta de psicólogos. Por meio do concurso público os profissionais têm estabilidade” diz o prefeito, salientando que o próximo passo é trabalhar com o incentivo à prevenção.



Para dar mais qualidade de vida aos sulflorenses a Administração de Flor da Serra do Sul desenvolve ações conjuntas entre a secretaria de Saúde com a secretaria de Educação. “Por meio das agentes de Saúde, por exemplo, é possível chegar às pessoas analfabetas” salienta o prefeito.


Com a educação chegou-se a conclusão que a natalidade está diminuindo e que Flor da Serra caminha para uma população de idosos. “O número de alunos que freqüentam o quinto ano é bem superior ao número de crianças que entram para a escola. Isso mostra que a Saúde precisa se preparar para atender um público cada vez mais idoso” finaliza Savaris.


 






=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=643&img=01’);”>