Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Programa Morar Bem Paraná construirá 38 casas em FSSul

=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=733&img=01’);”>O sonho da casa própria está mais perto de se tornar realidade para 38 famílias sulflorenses. O Programa Morar bem Paraná, criado pelo governo do Estado, é uma parceria entre o governo federal, prefeitura e comunidade. “No momento serão construídas 38 casas devido ao tamanho do terreno que a prefeitura doou à Cohapar [Companhia de Habitação do Paraná]. O convênio com o governo do Estado é para a construção de 60 casas” afirma o prefeito Paulo Roberto Savaris.



A Secretaria de Assistência Social do município iniciou o cadastramento das famílias na terça-feira, dia 24. As 90 famílias que participaram da reunião de apresentação do programa, na última sexta-feira, têm até hoje para apresentar a documentação.



São três tamanhos de casa: 35m2, 40m2 e 47m2 com projetos arquitetônicos diferentes. “Antigamente os conjuntos habitacionais eram formados por casas iguais. Hoje são vários modelos, inclusive casas adaptadas para deficientes físicos” explica a técnica social da Cohapar, Tânia Bernadon.



No entanto, os beneficiários do programa não poderão escolher o tamanho da casa. “A Caixa Econômica Federal analisará a capacidade de endividamento de cada família. Esse estudo definirá o tamanho da casa de cada beneficiário” elucida Tânia.



A casa de 35m2 tem dois quartos, sala, cozinha e banheiro, o valor aproximado é de R$ 32 mil. A casa de 40m2 tem a mesma quantia de cômodos e deve custar em torno de R$ 37 mil. A casa maior de 47m2 tem um quarto a mais e o valor gira em torno de R$ 43 mil. Futuramente os sulflorenses poderão ampliar a casa. A possibilidade de ampliação já foi pensada na hora de elaborar o projeto.



Os sulflorenses poderão receber subsídios de até R$ 9 mil no financiamento do imóvel. Em municípios com até R$ 100 mil habitantes o valor do subsídio chega a R$ 17 mil. “As famílias poderão receber descontos diferenciados no financiamento conforme a renda do grupo familiar” explica a técnica social, Tânia. Os recursos para o subsídio do financiamento são do programa do Governo Federal Minha Casa, Minha Vida.


Vantagens do programa
São 25 anos (300 meses) para pagar. O beneficiário que trabalha com carteira assinada poderá usar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para pagar uma parte do financiamento ou a prestação mensal do imóvel. A cada 12 meses a Caixa refinanciará o imóvel e o valor da parcela terá redução. “Em caso de morte ou aposentadoria por invalidez do proprietário do imóvel, o seguro quitará o financiamento” diz Tânia. 



As famílias beneficiadas com o programa recebem escritura, asfalto ou calçamento em frente de casa, garantia de recebimento do imóvel, além do seguro que cobre prejuízos no imóvel decorrente de vendaval, incêndio e tempestades.


Parceria entre comunidade e governo
O programa Morar Bem Paraná, criado pelo Estado, é uma parceria entre Governo Federal (através do Programa Minha Casa, Minha Vida), prefeituras e comunidade com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). O programa é organizado pela Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná). A Caixa Econômica Federal viabiliza o programa financeiramente.


 A prefeitura de Flor da Serra do Sul doou o terreno, localizado no bairro Industrial, para a Cohapar e é responsável pela infraestrutura do local. “O município é responsável pela pavimentação, iluminação pública e toda infraestrutura. Se for necessário levaremos também transporte coletivo para aquele local” diz o prefeito Paulo Savaris.



As obras serão executadas pela Cohapar. Segundo Tânia, o programa chego