Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Dia chama atenção ao abuso e a exploração sexual infanto-juvenil

As mãos nas camisetas são de crianças que participam das atividades do Cras de Flor da Serra do Sul. “As mãos representam a infância que toda criança tem direito a ter” diz a assistente social do Cras, Fabiane Peondi. Mas segundo a assistente social nem todas as crianças têm uma vida saudável. “Precisamos combater o abuso e a exploração sexual. Hoje um dos maiores problemas é o silêncio” diz. No último dia 18, dia nacional de combate ao abuso e exploração sexual, a Secretaria de Ação Social de Flor da Serra do Sul se reuniu em frente a biblioteca municipal para chamar atenção para o problema.


Segundo Fabiane, as pessoas têm que quebrar o silêncio. “As pessoas têm medo de denunciar. Mas quando alguém da família está sofrendo esse tipo de abuso as pessoas devem procurar a delegacia, o conselho tutelar ou acionar o Disque 100” explica Fabiane.  Geralmente as pessoas que cometem o abuso são pessoas que deveriam proteger a criança. “Assim a vítima se sente constrangida em denunciar” salienta.


Flor da Serra do Sul já teve casos relatados de exploração sexual. As crianças receberam acompanhamento psicológico e médico. As pessoas que convivem com crianças devem ficar atentas a alguns sintomas que podem indicar o abuso como: alterações no humor e pesadelos; urinar na cama, apresentar comportamento agressivo, resistência em se alimentar, medo, baixo índice de aproveitamento escolar e alterações de comportamento.