Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Viveiro de Flor da Serra do Sul produz mudas com distribuição gratuita para os agricultores

Cada produtor rural pode ter acesso, em média, até 2.000 mudas de espécies nativas, para formar a reserva legal em sua propriedade e, especialmente, a área de preservação permanente – mata ciliar – nas margens dos rios que cortam sua propriedade


 


=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=840&img=01’);”>De acordo com Amarildo ‘Ita’ Goffi, Diretor Municipal de Meio Ambiente e responsável pelo Viveiro Municipal, os agricultores também estão utilizando as mudas nativas para fazer a proteção de fontes e nascentes. Neste caso, são cerca de 50 metros próximos que devem ser reflorestados. “Temos casos em que os agricultores podem ser contemplados com até 5.000 mudas, dependendo da área a ser recuperada. Os interessados em viabilizar mudas devem nos procurar no Viveiro, localizado próximo a área industrial do Município, ou a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, coordenada pelo secretário Aquilino Dalla Valle”, adiantou Ita.


O Diretor Municipal de Meio Ambiente, que assumiu a função há cerca de quatro meses, também revelou que a Secretaria de Meio Ambiente de Flor da Serra do Sul está atendendo agricultores familiares, com área de terra até 50 hectares, com projetos e programas específicos. Citou como exemplo a averbação da Reserva Legal e a licença para retirada de até 6 árvores nativas em sua propriedade. Ainda, projetos para edificação de aviários, esterqueiras e galpões, e abertura de açudes.


Amarildo ‘Ita’ Goffi, disse também para a reportagem do Jornal Tribuna Regional que uma das prioridades do seu setor é incentivar os produtores rurais a constituírem a mata ciliar, que possui área mínima de 30 metros em cada margem dos rios e córregos com até 10 metros de largura. “Conforme a largura do rio vai aumentando a metragem para a formação da Reserva Permanente. Em nosso Município, a mata ciliar é uma grande prioridade, pois atendemos solicitação e fiscalização do Instituto Ambiental do Paraná-IAP e contribuímos com a melhoria do índice na formação do ICMS Ecológico”, explicou.


Ele também lembrou que a grande maioria dos trabalhos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente acontecem em parceria com a Secretaria de Agricultura de Flor da Serra do Sul, coordenada pelo secretário Décio ‘Kiko’ Lubachewiski. “Temos um entendimento e uma ajuda mútua muito boa e isso tem intensificado os benefícios para os produtores rurais sulflorenses. No Viveiro também produzimos verduras que são destinadas para Escolas Municipais utilizar na merenda escolar dos alunos”, enfatizou.


Concluindo, Amarildo ‘Ita’ Goffi pontuou que está gostando muito do serviço que vem desempenhando como Diretor Municipal do Meio Ambiente. Elogiou a atuação do secretário Aquilino Dalla Valle e agradeceu a confiança que recebeu da Administração Lucinda Ribeiro de Lima Rosa-Flávio Griebeler para desempenhar a sua função. “Temos bons projetos e planos e tenho convicção de que todos receberão o apoio e serão respaldados pelo Governo Municipal, que tem demonstrando grande preocupação com a área do Meio Ambiente de Flor da Serra do Sul”, finalizou Ita, demonstrando muita gratidão e confiança no tocante ao seu trabalho.






=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=840&img=01’);”>