Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Despertando a consciência ambiental

=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=805&img=01’);”>Mais de 400 alunos da rede municipal de ensino, de Flor da Serra do Sul, se aglomeraram na manhã de sexta-feira, dia 22, na quadra esportiva da Escola Nossa Senhora da Glória. Durante a manhã, divididos em duas turmas os alunos se revezavam nas atividades lúdicas pedagógicas feitas entre eles e também com os professores. Toda a ação foi desenvolvida para despertar a consciência ambiental dos estudantes. As atividades foram realizadas através de uma parceria entre a Secretaria de Educação do município e do projeto Verde é Vida, da entidade Afubra. 



Entre gritos e corre-corre os alunos, das séries iniciais, 1º ao 5º ano, aprendiam sobre o meio ambiente e preservação. Conforme o assessor administrativo do projeto Verde é Vida, Márcio Guimarães, que veio de Santa Cruz do Sul-RS, sede do projeto, as atividades desenvolvidas na escola são ininterruptas. “O projeto Verde é Vida existe desde 1991, são ações continuadas, organizadas numa unidade temporal de um ano que inicia sempre no Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho”, explica.



Em Flor da Serra do Sul o projeto é desenvolvido desde 2009. Segundo a coordenadora do projeto no município, Sandra Camillo, as atividades são realizadas pelos professores dentro da sala de aula e também fora dela. “Em parceria com outras Secretarias, como do Meio Ambiente, fazemos a coleta de sementes e passeios na mata”, elucida Sandra, explicando que as sementes de plantas, nativas, coletadas são trocadas por produtos, na loja da Afubra, em Francisco Beltrão. O projeto Verde é Vida distribuiu anualmente cerca de 80 mil mudas de plantas nativas.



As escolas que participaram das atividades lúdicas, do dia 22, foram a Nossa Senhora da Glória, Alice Rubi Bernardes e Epitássio Pessoa. Na parte da tarde o projeto se voltou para os professores da rede municipal. Foram trabalhadas questões de iniciativa, para que as aulas possam proporcionar conhecimento ambiental dentro da sala de aula. “Existe uma equipe por trás do projeto, prestamos orientação pedagógica, distribuímos material didático, entre outras atividades”, conta Márcio.






=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=805&img=01’);”>