Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Idosos encerram as atividades deste ano

Foi realizado dia 4 de dezembro o encerramento das atividades do ano de 2019 do grupo dos idosos da cidade de Flor da Serra do Sul. Aproximadamente 150 idosos participaram da confraternização de encerramento das atividades do ano. A prefeita Lucinda Ribeiro de Lima Rosa esteve acompanhando o evento.

Segundo o presidente do Centro de Idosos, Francisco Pedrão, que tem 64 anos, e participa do grupo dos Idosos há 10 anos, atualmente o Centro de Idosos possui 180 associados. Pedrão explica que não há cobrança de mensalidade e para manter a entidade o grupo realiza eventos, como matinés e almoços.

Os encontros do grupo são realizados duas vezes por mês, nas quartas tendo início às 13h30 até às 17h. Nestes encontros os idosos desfrutam das atividades de dança, baralho, cantorias, além de bebida e lanches. As atividades realizadas no grupo trazem inúmeros benefícios aos idosos.

“A gente revive a vida vindo participar desses encontros, porque sem termos um encontro, uma alegria, não há vida. A gente tem que reviver a vida agora que tem esses grupos de idosos, sair e se divertir” declara Irma Marim, participante que frequenta há 30 anos o grupo.

Além de ser um momento de diversão para os participantes, os encontros do grupo já resultaram em vários relacionamentos entre idosos, tanto de amizades quanto de namoro e até casamento. Um do casos de namoro é do presidente do Centro de Idosos, Francisco, que há 10 anos é viúvo e durante os encontro acabou encontrando um novo amor: Hélia Daves. Hélia tem 62 anos e é viúva há 19 anos, e conta que conheceu Francisco dentro do Centro de Idosos. Os dois já estão juntos há 5 anos.

“Ele me convidou para dançar, mas já veio com intenção de namoro, chegou com o número de telefone anotado num papelzinho para nós conversar e desde então estamos juntos. As nossas famílias aceitaram bem e meus netos até chamam ele de vô. Moro em Barracão e ele em Flor da Serra do Sul, mas sempre estou por aqui visitando ele” finaliza Hélia.

No dia de encerramento das atividades, além da alegria, chamou atenção a maquiagem, as belas roupas e o sorriso confiante das mulheres participantes. São ações e postura que conotam o amor por si próprio e pela vida durante a aposentadoria. Segundo estudos é este tipo de comportamento e amor próprio que garantem qualidade de vida, especialmente depois dos 60 ano de idade.