Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Flor da Serra do Sul investe em cursos de qualificação para produtores rurais

Os agricultores da Linha Real, interior de Flor da Serra do Sul, tiveram um curso com duração de 8 horas sobre ordenha. Os produtores tiveram aulas na propriedade do agricultor Geovani Xavier com o veterinário Emerson Ferraz. Foram passadas instruções de como conduzir a vaca até a ordenha e como manejar corretamente os equipamentos.


Segundo a engenheira agrônoma Sônia Toigo, o objetivo do curso é deixar o produtor atento a detalhes simples que aumentam a produção leiteira e facilitam o trabalho do dia-a-dia. “Alguns produtores ainda têm hábitos antigos como de ordenhar os animais de forma mecânica e em seguida ordenhar de forma manual. Esse hábito não é bom em termos de qualidade de leite além de ser desnecessário” ressalta Sônia.



O curso também chamou a atenção do produtor para as técnicas de higienização. “Com procedimentos simples você reduz em quase 100% o risco do animal ter doenças como mastide” diz Sônia. É um curso preventivo que reduz o número de doenças e o uso de medicamentos que muitas vezes tornam o leite impróprio para o consumo. Os produtores que participaram desse treinamento ofertado pela Prefeitura Municipal, já tiveram um curso sobre o manejo do gado leiteiro antes e depois do parto e sobre como criar bezerras.
Curso de Implantação de Pastagem.



Sexta-feira, dia 11, começou o curso de Pastagem na Comunidade da Linha São Bento. O curso é uma parceria com o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural). Será discutida a espécie adequada para o plantio em nossa região, levando-se em consideração o clima e a produção leiteira. Os produtores receberão informações de como preparar o terreno para o plantio, como fazer a muda e o manejo da adubação. “São informações que ajudarão o produtor a utilizar o local de forma correta. Assim o produtor poderá utilizar a mesma área de pastagem durante vários anos” explica a engenheira agrônoma, Sônia Toigo.



 Segundo Sônia, 13 agricultores participam do curso que será realizado em três sextas-feiras. A secretaria de Agricultura está sempre promovendo cursos conforme necessidade e demanda de pelo menos 10 pessoas.