Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Curso de piscicultura qualifica produtores

=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=622&img=01’);”>O curso “Como criar peixes e sistemas de cultivo” iniciou na última quarta-feira em Flor da Serra do Sul. Segundo a engenheira agrônoma do Senar, Claudia Manteli, a piscicultura no município sempre foi voltada para a alimentação familiar e não para o comércio. “Com o curso os 11 alunos aprendem que açudes menores elevam a qualidade da água e que espécies de peixes como o jundiá e o pacu se adaptam mais facilmente ao nosso clima” explica Claudia.


Se o objetivo não é comercializar peixes para frigoríficos, a engenheira agrônoma mostra aos produtores um nicho de mercado: “O município poderia ter uma feira de peixe vivo. Sem abate não é preciso passar por inspeção e os custos são reduzidos” diz ela, lançando o desafio para os produtores.



Segundo a engenheira agrônoma a piscicultura é uma atividade rentável. “São pequenas áreas que resultam em grandes produtividades. Em um hectare [10 mil metros quadrados] é possível produzir entre cinco a seis mil quilos todo ano” diz Claudia.



Para saber se a água do açude é de qualidade usa-se um disco medidor. “Esse aparelho é lançado dentro do açude. A melhor água é aquela que permite visualizar de 40 a 50 cm do disco. Se passar dessa medida é preciso adubar o açude” explica Claudia. A água muito limpa impede a formação de microplantas como fitoplânctons que absorvem gás carbônico e liberam oxigênio. Essas plantas servem como alimento para os peixes e aumentam a qualidade da água.


O produtor Sérgio Ledur daqui quatro meses terá peixe para vender. “Penso em montar um pesque pague e comercializar o produto para ganhar uma renda extra” salienta Hoje não existe a tradição de comercializar o produto para frigoríficos, e grande parte dos produtores criam peixes com mais de 1,2kg. Mas o produtor Vanderlei Anhaia já pensa em montar uma cooperativa para entrar nesse mercado. “Era pescador profissional de Guaratuba desisti da atividade de captura do peixe. Agora sou produtor, é mais rentável e acima de tudo saudável” finaliza Vanderlei.


=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=622&img=01’);”> 






=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=622&img=01’);”>





=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=622&img=01’);”>





=”javascript:p