Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Agricultores podem adquirir calcário por um preço menor

O produtor interessado em participar do programa de distribuição de calcário de Flor da Serra do Sul deve procurar a secretária de agricultura do município. “O agricultor faz o pedido e depois efetua o pagamento por meio de boleto bancário” diz o técnico agrícola Alex Sander Reisdoerter. O programa está disponibilizando esse ano 1.455 toneladas do insumo.  A prefeitura subsidia 50% do valor do calcário para produtores de leite e de fumo. O valor da tonelada varia conforme a quantia adquirida pelo produtor “Se o produtor adquirir até 10 toneladas o valor cobrado [por tonelada] será de R$ 36,00. De 11 a 15 toneladas o valor da tonelada é de R$ 43,00 e acima de 15 toneladas o valor é R$ 50,00” explica Alex.



Segundo a engenheira agrônoma Sônia Toigo, o solo da região tem bastante concentração de alumínio e apresenta acidez elevada.  “O calcário deve ser usado para resolver o problema de acidez e para neutralizar o alumínio que é tóxico para a planta” explica a engenheira agrônoma. Outra função do calcário é fornecer nutrientes como o cálcio e o magnésio que são essências para o metabolismo da planta.



Plantas amareladas e menores em uma lavoura podem ser indícios que o solo precisa do insumo. “Para ter certeza o produtor precisa fazer a análise do solo. O produtor recebe a embalagem da secretaria e coleta 15 sub amostras que vão compor uma amostra” diz a engenheira agrônoma. A prefeitura subsidia parte do valor da análise e o produtor paga R$ 8,00.