Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

FSSul vence Copa Sentinela

=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=595&img=01’);”>Aconteceu no último domingo, a final da 2ª Copa Master de Futebol Suíço Jornal Sentinela. A competição integrou Veteranos de Palma Sola, Flor da Serra do Sul, Salgado Filho, Campo Erê, Anchieta e São José do Cedro.
Muito antes da bola rolar, organizadores da competição ainda não tinham certeza da realização da final. Na madrugada de sábado e início da manhã de domingo, choveu forte em Palma Sola e região, o que colocou em dúvida a realização da final devido às condições do campo. Porém, a drenagem do campo da Palma Sola Piscina Clube não deixou empossar água, e permitiu que fosse mantida a final.
 
O jogo
Estavam ali posicionados em campo a técnica e o posto de melhor campanha da primeira fase da Móveis Parpinelli/Agro Campo/Anchieta, e a força de vontade misturada com o poderio de marcação da CME Flor da Serra do Sul, que começou de forma trágica a competição, depois foi se acertando e classificou-se à final.
Estes fatores tornaram a partida acirrada, digna de final de campeonato. Quem pressionava mais era a Móveis Parpinelli/Agro Campo/Anchieta, que aos 9:30 transformou a pressão em resultado. Após boa combinação de passes, o atacante Odir Schwarz tocou na saída do goleiro Jovani Cenatti e fez 1 a 0 para Anchieta. O atleta e seus companheiros comemoraram muito, junto com a grande torcida anchietense.


=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=595&img=02’);”>
Aí então Flor da Serra do Sul resolveu sair mais para o jogo, e pressionava a equipe de Anchieta. Até que após um bate-rebate na entrada da área, a bola sobrou para o atleta camisa 5, Nilto Schapanski, que chutou, e a bola foi entrando vagarosamente na meta do goleiro José Marsal Lago, 1 a 1.



O empate entusiasmou Flor da Serra do Sul, que viu reais chances na partida. Quem tinha entrado com uma pequena dose de confiança na partida foi Anchieta, mas Flor da Serra do Sul somou isso ao seu favor para jogar de igual para igual na partida.



 Com 5 minutos do segundo tempo, o atacante Evandro Perondi estava de costas para o gol, mano a mano com o marcador anchietense, Daniel Schu. Aí quem conhece o jogador desde a Copa Master do ano passado sabe da qualidade do atacante.



Ele girou encima da marcação e virou a partida para a CME Flor da Serra do Sul, 2 a 1. Evandro não jogava desde a final da Copa Master do ano passado, pois uma hérnia de disco lhe tirou dos campos durante todo esse tempo. Sua volta aos gramados foi na última partida da fase classificatória, na semifinal e na própria final da Copa Master.
 
=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=595&img=03’);”>E ele decidiu
Foi muito tarde que a Móveis Parpinelli/Agro Campo/Anchieta percebeu que não poderia deixar o autor do segundo gol de Flor da Serra do Sul no mano a mano com a marcação, e então a marcação começou a ser feita de perto com o atleta.



A equipe sulflorense estava muito bem compactada no meio campo e defesa, marcando muito bem os atletas de Anchieta. Aos 17 minutos da segunda etapa, Flor da Serra tinha boa cobrança de falta na entrada da área, a bola foi alçada na área, e Evandro, ao longo do seus 1,82 metros, esqueceu  sua hérnia de disco e de cabeça, mandou para os fundos da rede de Anchieta, 3 a 1.



A comemoração de Evandro – se jogar loucamente no c