Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Paraná suspende aulas devido a Gripe A

As Secretarias da Educação dos três estados da região Sul adotam medidas diferentes em relação à Gripe A. Os alunos da rede estadual e municipal de Santa Catarina voltaram às aulas dia 3, enquanto os estudantes do Paraná devem retornar dia 10 e no Rio Grande do Sul somente em 17 de agosto.



Santa Catarina considera sem eficácia o adiamento do reinício das aulas e que a melhor medida neste momento é a de orientar os professores e alunos sobre a Gripe A H1N1. A Secretaria de Estado da Educação emitiu uma nota com os principais cuidados que as escolas devem ter para evitar a propagação da doença.



O Paraná e Rio Grande do Sul além de adiar o recomeço das aulas, também irão trabalhar com a orientação sobre os procedimentos nas escolas quando os estudantes voltarem.
Entre os procedimentos estão o de evitar aglomerações e nos casos de crianças com gripe e febre, a família será comunicada para que leve o filho ao Posto de Saúde para uma avaliação clínica.
Nos municípios paranaenses de Flor da Serra do Sul, com 960 alunos e Salgado Filho, 1.240, o retorno das aulas segue o calendário do Estado.



Conforme a Secretária de Educação de Flor da Serra do Sul, Ivone Demartini, logo no primeiro dia de aula, equipes da Secretaria de Saúde irão até as escolas para orientar os alunos, professores, funcionários e motoristas do transporte escolar, sobre os cuidados que devem ser tomados na escola, em casa e nos ônibus escolares.


Principais recomendações da Secretaria de Educação de Santa Catarina


1. Os estudantes, professores e demais servidores deverão ser orientados para que tomem medidas de higiene e prevenção tais como usar lenços descartáveis, não expirar próximo de pessoas e lavar as mãos constantemente.
2. Durante o recreio ou intervalo entre as aulas, manter as portas e janelas abertas e levar os estudantes para ambientes ao ar livre.
3. Durante as atividades escolares, as salas de aula, bibliotecas, laboratórios, salas de reunião e outros ambientes fechados, nos quais são desenvolvidos trabalhos, deverão permanecer com portas e janelas abertas.
4. Os diretores, professores e demais servidores das escolas deverão manter rigorosa atenção e atitude de orientação e vigilância em relação à manifestação de gripe e de febre por parte de estudantes e servidores, orientando-os junto às famílias para que procurem unidades de saúde para avaliação clínica.
5. As famílias e as autoridades sanitárias deverão ser informadas sempre que na escola forem constatados casos de pessoas que apresentem gripe ou febre.
6. Em caso de aumento de sintomas da gripe na mesma sala, dispensar a turma após ouvir a autoridade sanitária. Havendo elevação do número de casos no mesmo período, a direção deverá dispensar as aulas, podendo, inclusive serem dispensados todos os estudantes e servidores da unidade escolar.
7. Manter os ambientes de preparo da merenda escolar e os refeitórios arejados e os atendentes responsáveis pela merenda, protegidos com máscaras e luvas.
8. Os professores de Ciências e de Biologia e os demais, sob a coordenação destes, deverão, nas primeiras semanas de aula e sempre que necessário, orientar os estudantes e a comunidade escolar sobre procedimentos preventivos em relação à gripe e outras doenças.
9. Orientações importantes sobre a prevenção da gripe poderão ser acessadas nos seguintes sites: www.saude.sc.gov.br e http://portal.saude.gov.br/saude.


Fonte: Secretaria de Estado da Educação