Notícias

Flor da Serra do Sul, PR °min °max

Flor da Serra: Município homenageia diretores da Sedu com títulos de cidadãos honorários

=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=557&img=01’);”>=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=557&img=01’);”>Em sessão solene, na noite de sexta-feira, 17, o prefeito Paulo Savaris (PP) e cinco – dos nove –  vereadores de Flor da Serra do Sul entregaram os títulos de cidadania honorária para o secretário estadual do Desenvolvimento Urbano, Wilson Bley Lipski, e para o superintendente executivo do Instituto Paranácidade, Isaias Decker. Foi uma reunião rápida, que teve abertura com a apresentação do Coral Municipal Infantil e a presença de pessoas da comunidade.


O presidente do Legislativo Gilmar Duarte discursou em nome dos demais vereadores. Ele justificou que o título visa reconhecer “as pessoas que contribuem para o nosso município”. Gimar expressou a gratidão dos parlamentares a Wilson e Isaías pela liberação de obras para o município na reta final do governo Orlando Pessuti (PMDB). “Isso mostra o nosso agradecimento e gratidão que temos por vocês”, comentou.


=”javascript:popup(‘/pop-up/noticias.asp?id=557&img=02’);”>Em seu pronunciamento, o prefeito Paulo Savaris começou lembrando um momento na vida do Rei Salomão, escrito no Antigo Testamento, da Bíblia, em que recomendou ao filho, seu sucessor, Salomão, que ocupasse o cargo com justiça e que cuidasse dos pobres. E destacou o trabalho do secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e do diretor executivo do Paranácidade em prol de Flor da Serra. “Nós tivemos em você, Wilson, e Zazá (apelido carinhoso de Isaias) pessoas que abriram as portas para nós”, afirmou.


O prefeito disse que os títulos devem ser dados a pessoas por merecimento. Na mensagem de justificativa das homenagens, encaminhada ao Legislativo visando a aprovação dos projetos, o prefeito destacou algumas das conquistas viabilizadas pelos homenageados: a liberação da construção de uma escola municipal, da clínica de atenção integral à mulher e à criança e do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) e a inclusão no programa recapeamento asfáltico de vias urbanas (Recap).


Emoção


O secretário Wilson Bley Lipski, 41 anos, natural de Rio Negro, que atuou durante muitos anos na Lapa, formou-se em Direito, pela PUC-PR, e assessorou prefeituras, câmaras e entidades da região Sul do Estado. Em 2003 assumiu o cargo de diretor-geral da Sedu, em Curitiba. Emocionado com os discursos e as justificativas para homenageá-lo, Wilson dispensou o pronunciamento que havia preparado e falou de improviso.  Ele citou que o município conseguiu várias obras públicas que integram os programas de governo. E argumentou que o recebimento do título “não é gratidão, não é privilégio, é fruto do esforço e empenho de pessoas que querem fazer o melhor para as suas comunidades”. Citou ainda que “nós estamos lá, no governo, para atender pessoas de boa vontade e espírito pú